Parque Estadual da Pedra Azul

Aventura e beleza nas rotas do cartão postal da serra capixaba 
16/06/2016
 
O inverno está chegando com tudo no Espírito Santo e um dos lugares mais incríveis para visitar nessa época do ano (em todas as épocas, aliás!) é o Parque Estadual Pedra Azul.
 

Estivemos lá com a galera do #PocandonoES (post aqui) e o passeio valeu muito a pena! Adiantamos que não conseguimos subir até as piscinas, que estavam com a lotação máxima permitida. Porém, fomos até o Centro de Apoio ao Visitante e ainda assim o passeio foi de tirar o fôlego :)

 

Da BR 262 já é possível avistar a beleza da Pedra Azul, mas quem passa por ali com pressa e não faz uma parada para conhecer o Parque Estadual não faz ideia da grande riqueza e biodiversidade do caminho que tem por ali. Além do clima e da aura do lugar, que é completamente fantástica!

 

Chegamos na Sede Administrativa, que fica na entrada do Parque, e logo saboreamos um ótimo pão de queijo com café da região. Um lanche antes da caminhada ajuda bastante! Lembrando que eles também oferecem vários itens de lembranças de Pedra Azul e artesanato local, com muita coisa bonita.

 

Além do lanchinho, é importante lembrar também que roupas leves e confortáveis, além de tênis, são itens obrigatórios para aproveitar melhor o passeio. Então, já preparados, começamos nossa caminhada de cerca de 800 metros até o Centro de Apoio ao Visitante, de onde saem as trilhas previamente marcadas e em horários específicos.

 

Mesmo nosso passeio tendo sido mais curto e apenas até a base, valeu muito a pena: uma grande concentração de orquídeas, samambaias, bromélias, flores coloridas, tucanos, várias espécies de pássaros e até uma turma de macaquinhos fizeram a caminhada ir além de uma simples aventura para se tornar um exercício de paz interior e contemplação da bela natureza ao redor :)

 

Chegando ao Centro de Apoio ao Visitante fomos informados pelo simpático guia que o Parque oferece três tipos de trilhas a partir dali: duas de nível fácil (a Trilha Pedra Azul com percurso de 945 metros e a Trilha do Cedro Sentado com percurso de 600 metros) e uma de nível mais difícil, que é a trilha das piscinas naturais (1.250 metros). As trilhas saem duas vezes ao dia, e o horário da manhã é o preferido dos visitantes.  As trilhas mais curtas costumam durar de 01:00h a 01:30h, e as trilhas mais longas costumam durar de 02:30h a 03:30h (tempos de ida e volta).

 

O guia também nos informou que eles recebem no máximo até 50 pessoas por dia, e o número máximo de pessoas para a escalada até as piscinas naturais são 06 pessoas. A idade mínima permitida é 10 anos. Não é permitido levar animais domésticos para as trilhas.

 

Voltaremos em breve até o Parque Estadual de Pedra Azul para fazer todas as trilhas. Se apenas o caminho até a base foi incrível, imagina o que nos aguarda neste paraíso! :)

 

OndeRota do Lagarto Km 02, Pedra Azul - Domingos Martins (seguir pela BR 262, em direção a Belo Horizonte)

Quandode terça a domingo, das 08h às 17h. Os passeios para as trilhas saem às 09h30m e 13h30m

Telefone: (27) 3248-1156 ou (27) 99739-8005 (diretamente com os monitores)

E-mail: pepaz@iema.es.gov.br

Quanto: a entrada é gratuita até a base do Parque; para realizar as trilhas o preço é R$ 15 por pessoa

Dica: para agendar o passeio nas trilhas é necessário ligar com 24 horas de antecedência

 

 

 

Conheça também em Pedra Azul:

 

>  Pedra Azul Ecotur

 

>  Restaurante Ninho do Jacu

 

>  Heimen Coffee

 

 

 

GUIA CAPIXABA

Um blog membro da RBBV (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem)

  • RBBV
  • Facebook Guia Capixaba
  • Twitter Guia Capixaba
  • Pinterest Guia Capixaba
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram Guia Capixaba