Caponata Gastrobar

Cardápio exclusivo e ambiente aconchegante
Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

Caponata Gastrobar

25/10/2017
 

Em busca de pratos diferenciados e ambiente intimista para um encontro a dois estivemos em Vila Velha num lugar novo, mas que já é referência em boa gastronomia: o Caponata Gastrobar, na Praia da Costa.

 

O primeiro detalhe que nos chamou a atenção foi a presença do chef Ari Cardoso no comando da gastronomia do Caponata. Chef paraibano radicado no Espírito Santo há muitos anos, possui a coluna "Temperos do Chef" em um jornal capixaba e sempre o acompanhamos por lá. Já sabíamos, portanto, que sabores inesquecíveis estavam por vir :)

 

Escolhemos uma mesa na parte interna, que possui um ambiente super aconchegante. A primeira impressão foi ótima: fomos recebidos com um pãozinho de ervas (preparado na própria cozinha da Caponata), azeite aromatizado e uma garrafa com água. Pela cortesia já percebemos que nossa experiência valeria a pena!

 

O cardápio nos surpreendeu positivamente por não ter nenhuma opção com fritura. Tudo o que eles preparam no Caponata é cozido ou assado, com ingredientes bastante conhecidos por nós: os produtos frescos das montanhas capixabas. Também há uma vasta opção de bebidas, e escolhemos o Aperol Spritz (R$ 20) e o Chopp IPA Barba Ruiva 300ml (R$ 13). Os chopps da Barba Ruiva são uma exclusividade da casa.

 

Começamos com a entrada Paris de Pedra Azul (R$ 38): quatro cogumelos recheados, cada um com uma iguaria diferente. Vieram cogumelos recheados com socol, bacalhau com palmito, caponata da casa e peperoncino (este último, um pouco mais apimentado). Muito saborosos!

 

Nossa indecisão quanto ao prato principal estava intensa (todas as opções estavam convidativas!), então escolhemos outra entrada: a Polenta Assada (R$ 35). Foram seis unidades recheadas com linguiça caseira e queijo minas padrão, crocantes por fora e cremosas por dentro. Certamente essa será nossa opção fixa de entrada em nossas próximas vezes por lá, pois valeu muito a pena :)

 

Decidimos então o prato principal e pedimos o Cupim Cardoso (R$ 59) que segundo o chef foi marinado por 72 horas, cozido por 12 horas e grelhado a 300 graus. Isso explicou o quanto INCRÍVEL estava a carne: além do tempero delicioso, a crosta por fora e a carne extremamente macia tornaram esse prato um dos melhores que já provamos. Veio acompanhado por nhoque de polenta ao pomodoro, e serviu perfeitamente duas pessoas.

 

Um detalhe que achamos singelo e muito especial foi que todos os pratos, da entrada à sobremesa, vieram decorados com flores comestíveis. Além da experiência gastronômica, a experiência visual também foi muito bacana :)

 

Para encerrar nossa noite especial pedimos de sobremesa o Bolo de Rolo com Sorvete de Coco (R$ 28). O Bolo de Rolo é um doce típico de Pernambuco, e o que foi servido no Caponata era original. Uma delícia!

 

É importante salientar que, apesar da gastronomia elaborada, o atendimento foi muito eficiente e os pratos não demoraram pra chegar à mesa. Mas a gente confessa: conhecendo o sabor do Caponata como conhecemos agora não teria importância alguma esperar um pouquinho. Aliás, não vamos esperar muito pra voltar lá

 

 

Onde: Rua Henrique Moscoso nº 607, Loja 09 - Praia da Costa - Vila Velha

Telefone: (27) 3020-8448

Quando: de segunda a quarta, das 18h às 23h; de quinta a sábado, das 18h às 00h

 

 

 

Conheça também em Vila Velha:

 

> Museu Ferroviário Vale do Rio Doce

 

> Fábrica de Chocolates Garoto

 

> Pancakes On The Beach

 

 

 

GUIA CAPIXABA

Um blog membro da RBBV (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem)

  • RBBV
  • Facebook Guia Capixaba
  • Twitter Guia Capixaba
  • Pinterest Guia Capixaba
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram Guia Capixaba